Arquivos

COMO EVITAR A DERMATITE CANINA

A algumas semanas vínhamos observando que nosso Chow Chow Bravo Valentino estava impaciente e se coçando demais na região da barriga. Como ele é um carinha muito temperamental e teimoso, não nos deixava chegar perto para que pudéssemos ver o que de fato estava ocorrendo. Até o momento em que testemunhamos o desespero dele arrancando seu próprio pelo para se livrar das coceiras. Foi aí que suspeitei que ele estava com DERMATITE, e das bravas, daquelas de fazer o animal sangrar de tanto se coçar… Horrível!!! Tadinho do meu fofão!!!

Para quem não conhece, a dermatite é uma alergia que causa muita coceira inflamatória na pele do animal. Ela pode ser crônica ou temporária. Esta doença é simples e de baixa gravidade e pode ser causada por fatores diversos como sensibilidade a alguns produtos, alergias a picadas de pulgas e insetos, uma bactéria ou vírus, ou uma má nutrição. Dependendo da causa da dermatite do seu cão, o tratamento pode ser simples ou envolver medicação.

Imediatamente liguei para meu amigo e veterinário Dr. Ricardo (no final do post passo pra vocês o contato dele para quem quiser), que me disse para levá-lo imediatamente ao consultório para que ele pudesse consultá-lo. Dito e feito… era a maledeta da DERMATITE. Na hora, meu Bravo Valentino recebeu anestesia geral (só assim para poder mexer no bichinho…) e eu quase morri de tanto chorar de dó quando vi ele adormecendo pelo efeito da injeção anestésica. Logo ele foi levado para a sala de tratamento, e lá fizeram todos os procedimentos, inclusive a TOSA COMPLETA, que foi necessária em função do grau da alergia. Foi aí que vi o tamanho do estrago que a Dermatite tinha feito nele, pois até então os pelos cobriam boa parte da área afetada.

 

bravo

Se eu já fiquei arrasada de vê-lo assim depois, imagina ele quando se olhou no espelho! Bem, pela carinha dele vocês já podem ter uma idéia do quanto ele sofreu, né? Graças a Deus e a competência do Dr. Ricardo, hoje ele já está bem melhor, quase 100% recuperado, e nem precisa mais usar o “cone da vergonha”… o colar elizabetano. Mas ainda toma antibióticos de 12 em 12 horas e temos que aplicar o spray cicatrizante sempre que ele se distrai (sim, porque ele ODEIA spray’s).

Portanto, fique atento. Pois assim como nós humanos, os cães podem sofrer de doenças de pele que causam problemas sérios em seu corpo. Se o seu sempre começa a se coçar e morder o corpo, ele pode estar com dermatite.

O mais eficaz para tratar uma dermatite em cães é procurar uma solução de longo prazo. Uma boa dica é mudar as condições de vida do cão para evitar o efeito alergênico. O cão com dermatite é normalmente alérgico a diversas coisas. No entanto, muitas vezes não é possível evitar a exposição a todos eles. Um veterinário deve ser procurado para que os animais sejam tratados com os medicamentos adequados e descubra o que causa a dermatite e o mal possa ser combatido.

Mantenha seu cão longe de substâncias irritantes a sua pele. Se o seu cão ainda está se coçando depois de ter feito um tratamento contra pulgas, pode ser algo no seu quintal que está deixando a pele inflamada. Verifique se há veneno de carvalho e urtigas ou plantas que deixam a pele humana sensível, pois podem ter o mesmo efeito em seu cachorro.

Preste atenção quando ele parece estar sofrendo mais com a coceira. É depois que você mudou o lençol, ou algo que o animal tenha contato sempre. Mantendo o seu cão longe dessas coisas, você vai curar a dermatite do animal com mais rapidez. Além disso, certifique-se de remover os itens de sua casa o mais breve possível.

Faça uma mudança na alimentação do seu cão. Alguns tipos dermatite são causados por uma má nutrição. Certifique-se de que você está comprando alimentos que tenham uma grande quantidade de ingredientes naturais. Confira a lista de ingredientes para descobrir. Pergunte ao seu veterinário como escolher um alimento de alta qualidade para sua raça particular de cão.

Um bom banho em seu animal semanal ou a cada três dias pode ajudar no problema também. Adicione um ingrediente calmante a água como farinha de aveia. Um banho com o uso de uma escova vai calmar a pele do seu cão e irá remover os itens irritantes como pulgas e sujeira. Apenas certifique-se de banhar o seu cão com frequência, especialmente depois que a dermatite for embora.

Bem, este post é muito importante para quem tem cães de estimação, principalmente os peludos, como o meu. Portanto, preste atenção em seu cão e ao menor sinal, procure o veterinário  de sua confiança, para que você não passe pelo nós passamos nos último dias. Foi muito triste ver nosso queridão sofrendo tanto. Uma experiência que nunca mais quero ter.

Para quem mora em Curitiba, o Dr. Ricardo atende em 2 clínicas, em Santa Felicidade, até ás 13h, e numa no bairro Batel, até ás 19h. Aqui em Santa Felicidade ele atende na Clinica Veterinária São Benedito – Fone: 41-3372-1101. O Endereço é Rua Marchanjo Bianchini, 105. Só dizer que soube dele pela Sol do grupo folclórico Italiano. Ele é um amor e mega competente no que faz.

Bjs

meuavatarassinatura

Sol Ferrari

 

Anúncios

SEU MELHOR AMIGO!

Bom dia amados do meu Blog.

Hoje, a primeira coisa que li, me inspirou a fazer este post especial… Por isso vou compartilhar com vocês, este texto lindo e verdadeiro.

Somente quem tem ou teve um amigo cão, irá identificar-se com o texto. Portanto, se você não gosta de animais de estimação, não precisa perder tempo em ler a matéria, nem deixar comentários grosseiros e racistas… pois eles simplesmente serão deletados sem sequer ser lidos.

Um beijo a todos!

Sol Ferrari

***

Você já ouviu:

“Seu cachorro é da família”???

“Como você pode tratar como gente este bicho”???

“Você conversa com ele??? Mas eles são só um monte de pelos de 4 patas… não raciocinam”!

“Não raciocinam? Então como conseguem te dizer qualquer coisa e atrelar sua chegada a um som qualquer… Que festejam sua entrada, lamentam sua saída e esperam incansavelmente seu retorno?

Quem dedica seus 15 anos de vida, unicamente para tentar conseguir sua aprovação  e seu amor? quem toma bronca, as vezes até um tapinha, e volta pra lamber sua mão, sem ressentimentos?

Quem te entende, te ouve… Quem nunca te julga….  Ele, seu cão…

Seu melhor amigo, o filho perfeito!

A companhia incondicional. O amigo que não sabe quanto você tem na conta, quem é seu pai…

Até onde você pode levá-lo, ou o que você tem pra oferecer.

Não é por um bifinho, nem por um filé. É por você. Da mais honesta forma que há de amar alguém.

Mendigo ou presidente, ele vai contigo até o fim.

Não morde ou reage por maldade, mas sim por instinto ou medo.

Não há desvio de caráter, inveja, ambição e ego.

Ele vive pra você. E você sorri muitas vezes porque ele está ali tentando te fazer sorrir com seus gestos simples, um olhar, uma lambida…

Tem gente que tem cachorro, tem gente que tem filhos de 4 patas.

Tem gente que não entende, e tem gente que julga mal quem tanto os protege.

Ele é a última coisa que vai te abandonar ou esquecer neste mundo.

Seu mais leal amigo nesta vida.

Você tem emprego, família, lazer, carreira, namorada e também um cachorro. Ele só tem você.”

RicaPerrone

porta fotos

A moldura desta foto, foi feita pela minha irmã Simone, portadora de necessidades especiais. E estes são Bravo e Bionda, nossos companheiros de todos os dias.

 

ENTENDA A LINGUAGEM DO SEU GATO DE ESTIMAÇÃO

Olá amores da Sol!!! Como vocês estão?!?

Hoje vamos falar de pets, mais precisamente de GATOS??? Eu adoro! Minha gata Mel vai fazer 11 anos em Dezembro, e eu amo! É a idosa da casa, muito amorosa, inteligente e malandra! Muito respeitada pelos meus cães, Bravo e Bionda.

Esta é a minha Mel, no colo do papai… para ela, o melhor lugar da casa, depois da cama!
Sol0129

E quem assim como eu, tem um bichano de estimação, já deve ter se perguntado o que pensam e o que querem dizer estes seres fofos. Fato que, com anos de convivência, aprenderemos a decifrar o que querem ou o que precisam, mas no começo não é tão simples. Embora não falem, os gatos comunicam-se conosco e com o seu ambiente de uma forma muito especial. Eles tem a sua forma particular de comunicação, não é verdade? Usam os seus movimentos corporais e suas habilidades sonoras.

gato1

Para que você entenda melhor a linguagem do seu bichano, neste post tentarei dar o significado de alguns gestos dele, baseado na minha “velhinha” Mel, que está comigo a tantos anos. Principalmente pelo rabo, pelo olhar, pelo movimento das orelhas e dos seus bigodes. Aprendendo as chaves da linguagem corporal dos gatos, aprenderemos a nos comunicar melhor com eles.

gato2

Dizem que existem mais de 25 movimentos corporais característicos que apresentam um significado concreto. Estes movimentos devem ser reconhecidos e interpretados para assim reconhecer o que o nosso gato deseja falar. Vamos começar falando dos movimentos mais básicos deles e o que estes movimentos significam. Muitos deles, certamente você que tem um gato já conhece, mas vamos lá:

Linguagem corporal do Rabo: O rabo é uma das partes do corpo dos gatos que mais sensações transmitem. E muitos destes movimentos são muito fáceis de identificar. Quando o seu gato estiver sentado mexendo o rabo, demonstra concentração (sim, gatos pensam, viu?!?). E se você chegar perto dele e notar que o seu rabo começa a balançar de um lado pra outro mais rápido, é porque você não é bem vindo por perto, então não o incomode.

Um gato assustado fica com o rabo “arrepiado”, bem como seu pelo. Se o seu gato viver com o rabo alto, significa que ele vive de bom humor e é um gato alegre e brincalhão. Já gatos tímidos e reservados, andam com o rabo baixo.

Linguagem dos olhos, orelhas e bigodes: Quando o gato tem os olhos bem abertos, é porque se sente bem amado e feliz. Olhos entreabertos é sinal de que o gato está com sono (gatos dormem no mínimo 16 horas por dia). E se não for por sono, pode significar alguma infeção. A febre em cães e gatos é verificada pelo focinho. Um animal sadio, tem o focinho gelado e molhado. Se estiver quente e seco, significa que está febril. Neste caso, leve-o imediatamente ao veterinário.
Quando as pupilas dos olhos de seu gato estiverem grandes, acompanhado de rabo inquieto, significa que ele está assutado ou irritado.

Se as orelhas estão normais, significa que seu gato está feliz. Se estiverem para cima, pode estar em alerta ou assustado e para baixo (deitadas), está muito irritado, saia de perto que lá vem arranhão! kkk

Já quanto aos bigodes, se o gato estiver feliz, eles estarão esticados. Se estiver irritado, com medo ou doente, estes estarão dispostos para trás.

gato3

Acredite, comece hoje mesmo a observar a linguagem corporal do seu bichano. Com certeza você vai aprender a entender melhor o seu amiguinho e respeitar o seu espaço. Pois gatos são muito independentes e reservados.

Ah!!! Já ia me esquecendo… quando eles começarem a se esfregar em suas pernas e passar pelo meio delas, aproveite… é o momento em que ele vai deixar que você pegue-o no colo e faça carinho nele! Uma delícia!

Bjs

Sol Ferrari

CINOMOSE É FATAL! CUIDE DO SEU CÃO

Gente, neste post eu não vou postar foto alguma desta doença canina, porque não tenho nem coragem de pesquisar nada! É sério! O Igor e eu perdemos a luta contra esta doença com a nossa pequena Lara, de apenas 3 meses. Foi uma experiência traumática da qual não gosto nem de lembrar. Em apenas um semana, a doença se alastrou e a matou.

A CINOMOSE é a PIOR e a mais CRUEL doença que seu amiguinho pode ter. Quando ela não mata na maioria dos casos, deixa sequelas horríveis no animal, quase irreversíveis, a ponto dele não conseguir nem andar pelo resto da vida. Então por favor, você que ama animais de estimação, especialmente cachorros, PRESTE MUITA ATENÇÃO NO QUE EU VOU EXPLICAR AGORA:

A cinomose é considerada a maior ameaça à saúde dos cachorros depois da raiva. Estima-se que a taxa de mortalidade varie de 25 a 75% entre os animais doentes. Assim sendo, a resposta do animal à doença parece ser um fator muito importante na sua recuperação.

Porém, apesar desse prognóstico ruim, um cachorro com cinomose precisa receber tratamento médico o mais rápido possível, pois quanto mais cedo o veterinário puder medicá-lo, melhores as chances de sobrevivência. Vale lembrar que o tratamento da cinomose é sintomático, ou seja, procura diminuir a intensidade dos sintomas decorrentes da doença, enquanto o organismo do animal tenta se recuperar.

Tratar dos sintomas é fundamental para diminuir o sofrimento do seu cachorro ou mesmo permitir que ele tenha forças para se recuperar. Mesmo depois de curados muitos cães podem manifestar sintomas neurológicos por toda a vida.

De que seu cachorro vai precisar:
Orientação de médico veterinário COMPETENTE!
Água
Dieta leve
Medicamentos
Muito carinho e atenção de você

Procure o veterinário assim que perceber qualquer possível sintoma de cinomose.
Os primeiros sinais são: apatia e perda de apetite, vômito, diarréia, tosse, respiração ofegante, corrimento nasal e secreção nos olhos.

Procure deixar seu cachorro doente num ambiente bem confortável e longe de outros animais pois a cinomose é contagiosa. Deixe-o ficar em um local tranquilo, com temperatura agradável e sem corrente de ar.

Mantenha seu cachorro higienizado e em local bem limpo. Limpe as secreções dos olhos e do nariz, não deixando formar crostas. Uma boa opção para limpeza é o uso de algodão embebido em soro fisiológico ou mesmo água filtrada.

Deixe água limpa à disposição. A ingestão de líquido é necessária para evitar a desidratação. Cachorros gravemente desidratados podem precisar receber tratamento em hospital veterinário. Se ele precisar de ajuda para beber água, uma seringa pode ser muito útil para a administração. Mas atenção: sempre em pequenos goles e pelo canto da boca, para ele não se afogar!

Ofereça-lhe uma dieta leve, conforme recomendação do veterinário. O veterinário também pode receitar medicamentos para tratar sintomas de vômitos e diarréia, caso ocorram.

Dê á ele corretamente os medicamentos receitados pelo veterinário. A medicação geralmente inclui antibióticos para tratar ou prevenir infecção e anticonvulsivos e sedativos para controlar ataques, além dos remédios que podem ser receitados para diarréia e vômito.

Espero de coração que vocês que amam cachorros NUNCA passem por esta experiência. Portanto, fiquem de olho do seu amiguinho. Ao menor sinal de anormalidade, corra com ele para o veterinário. Não deixe para depois pois esta doença é muito rápida.

E só para não fechar a matéria com este clima triste, já que eu citei a Lara, vou falar que ela era a irmãzinha caçula do Bravo Valentino, meu gurizão chow chow de 5 anos, que eu amo!!! Meigo, simpático, carinhoso e muito obediente. Como já falei da Bionda no post anterior (AQUI), não seria justo com ele, não fazer uma pequena homenagem a este meu fofão!

bravinho
Prazer, Bravo Valentino.

Bjs

Sol Ferrari

ADOTE UM CÃOPANHEIRO VIRA LATA

Por acaso amigos se compram?
É isso que me pergunto quando vejo pessoas “comprando” cães, gatos, pássaros, etc… para ter de “estimação” na família.
Nada contra. Cada um faz o que quer… mas Poxa! Fico pensando na infinidade de animais que vivem na rua, abandonados e ameaçados. Na rua estes seres queridos ficam a mercê de doenças, correndo o risco de morrerem atropelados, sem contar a infinidade de filhotinhos de futuro incerto, que nascem todos os dias pelos cantos da cidade… bebezinhos que crescerão (se é que chegarão a crescer), se alimentando de restos de comida ou do que qualquer coisa que encontram pela frente. E fico profundamente triste quando vejo um animalzinho revirando lixo pelas ruas a procura de alimento, por isso o termo “vira-lata”.

Por onde você passa, sempre há um cão ou gatinho vira-lata abandonado. Eles estão por toda a parte à procura de carinho, água fresca e um pouco de comida. Se o seu coração é mole como o meu, vou te pedir humildemente: renda-se aos encantos destes cachorrinhos carentes. Cães abandonados, os famosos vira-latas são tão, mas tão especiais, que você não irá se arrepender! Acredite! Falo isso com autoridade.

TESTEMUNHO:
A 2 anos atrás, meu marido e eu nos oferecemos como voluntários na adoção dos filhotinhos de uma cadela que foi ABANDONADA PRENHA pelos seus donos, ás vésperas de dar a luz. Graças a Deus ela encontrou um terreno vazio, seguro e coberto por algumas tábuas velhas, para ter seus 5 bebês. E mais graças a Deus… que este terreno ficava quase em frente a casa de uma velha grande amiga e incansável protetora dos animais da qual tenho orgulho em dizer o nome: Andrea Grande (te amo! <3).

Chegamos no local e logo que os 4 bebezinhos ouviram nossa voz, começaram a sair debaixo das tábuas ao nosso encontro.
Ops… 4 bebezinhos? não eram 5? Sim… por que o 5º bebê era uma menina com carinha de coitada, a última a aparecer, toda desconfiada e tímida. FOI AMOR A PRIMEIRA VISTA!!!

111001_1817221

111001_181743

Foi então que a BIONDA, passou a fazer parte de nossas vidas e se tornou a alegria da casa.

O tempo passou, e a nossa “Bibi” cresceu… mas só em tamanho, pois hoje ela tem 2 anos e é uma eterna criança, palhaça, atrapalhada, exibida, feliz e saudável, extremamente obediente, muito carinhosa, apegada, fiel, comunicativa, amorosa… ela é tudo de bom! Ah… e adora posar para as fotos…

bibi2

bibi3

bibi5

bibi7

bibi4

bibi8

bibi6

Além de todos estes atributos, hoje a Bionda é uma ótima companhia para minha irmã cadeirante Simone, que foi praticamente adotada pela cadela e hoje são melhores amigas. É a primeira a pular na cama de manhã para dar seu “bom dia lambido” na amiga Simone, é muito amor!

bibi1

É impossível passar um só dia sem que ela nos arranque um sorriso, uma gargalhada e por que não, até lágrimas?
Sim, pois só convivendo com ela todos os dias para saber o quanto ela é especial, que chega a nos emocionar de verdade.

Então pessoal… pensem na idéia! E na hora de adotar lembrem-se: os benefícios sobrepõem ao trabalho de cuidar.

Permita-se apaixonar pelo próximo vira-lata que bater à sua porta, você não vai se arrepender.

E se realmente não tiver condições de adotar seu cãopanheiro, pelo menos afilie-se a uma destas maravilhosas ONG’S que cuidam dos animais abandonados e contribua para o bem estar destes fofuxos, ok?

adote

Com carinho,

Sol Ferrari