CINOMOSE É FATAL! CUIDE DO SEU CÃO

Gente, neste post eu não vou postar foto alguma desta doença canina, porque não tenho nem coragem de pesquisar nada! É sério! O Igor e eu perdemos a luta contra esta doença com a nossa pequena Lara, de apenas 3 meses. Foi uma experiência traumática da qual não gosto nem de lembrar. Em apenas um semana, a doença se alastrou e a matou.

A CINOMOSE é a PIOR e a mais CRUEL doença que seu amiguinho pode ter. Quando ela não mata na maioria dos casos, deixa sequelas horríveis no animal, quase irreversíveis, a ponto dele não conseguir nem andar pelo resto da vida. Então por favor, você que ama animais de estimação, especialmente cachorros, PRESTE MUITA ATENÇÃO NO QUE EU VOU EXPLICAR AGORA:

A cinomose é considerada a maior ameaça à saúde dos cachorros depois da raiva. Estima-se que a taxa de mortalidade varie de 25 a 75% entre os animais doentes. Assim sendo, a resposta do animal à doença parece ser um fator muito importante na sua recuperação.

Porém, apesar desse prognóstico ruim, um cachorro com cinomose precisa receber tratamento médico o mais rápido possível, pois quanto mais cedo o veterinário puder medicá-lo, melhores as chances de sobrevivência. Vale lembrar que o tratamento da cinomose é sintomático, ou seja, procura diminuir a intensidade dos sintomas decorrentes da doença, enquanto o organismo do animal tenta se recuperar.

Tratar dos sintomas é fundamental para diminuir o sofrimento do seu cachorro ou mesmo permitir que ele tenha forças para se recuperar. Mesmo depois de curados muitos cães podem manifestar sintomas neurológicos por toda a vida.

De que seu cachorro vai precisar:
Orientação de médico veterinário COMPETENTE!
Água
Dieta leve
Medicamentos
Muito carinho e atenção de você

Procure o veterinário assim que perceber qualquer possível sintoma de cinomose.
Os primeiros sinais são: apatia e perda de apetite, vômito, diarréia, tosse, respiração ofegante, corrimento nasal e secreção nos olhos.

Procure deixar seu cachorro doente num ambiente bem confortável e longe de outros animais pois a cinomose é contagiosa. Deixe-o ficar em um local tranquilo, com temperatura agradável e sem corrente de ar.

Mantenha seu cachorro higienizado e em local bem limpo. Limpe as secreções dos olhos e do nariz, não deixando formar crostas. Uma boa opção para limpeza é o uso de algodão embebido em soro fisiológico ou mesmo água filtrada.

Deixe água limpa à disposição. A ingestão de líquido é necessária para evitar a desidratação. Cachorros gravemente desidratados podem precisar receber tratamento em hospital veterinário. Se ele precisar de ajuda para beber água, uma seringa pode ser muito útil para a administração. Mas atenção: sempre em pequenos goles e pelo canto da boca, para ele não se afogar!

Ofereça-lhe uma dieta leve, conforme recomendação do veterinário. O veterinário também pode receitar medicamentos para tratar sintomas de vômitos e diarréia, caso ocorram.

Dê á ele corretamente os medicamentos receitados pelo veterinário. A medicação geralmente inclui antibióticos para tratar ou prevenir infecção e anticonvulsivos e sedativos para controlar ataques, além dos remédios que podem ser receitados para diarréia e vômito.

Espero de coração que vocês que amam cachorros NUNCA passem por esta experiência. Portanto, fiquem de olho do seu amiguinho. Ao menor sinal de anormalidade, corra com ele para o veterinário. Não deixe para depois pois esta doença é muito rápida.

E só para não fechar a matéria com este clima triste, já que eu citei a Lara, vou falar que ela era a irmãzinha caçula do Bravo Valentino, meu gurizão chow chow de 5 anos, que eu amo!!! Meigo, simpático, carinhoso e muito obediente. Como já falei da Bionda no post anterior (AQUI), não seria justo com ele, não fazer uma pequena homenagem a este meu fofão!

bravinho
Prazer, Bravo Valentino.

Bjs

Sol Ferrari

Anúncios

O que você achou deste artigo? Comenta aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s