SEMANA DA SAÚDE: QUIABO

quiabo

Quiabo… esta palavra me remete a “asco”… que pecado falar isso, mas é verdade gente. Eu tenho maior respeito por todo o alimento que a Mãe Natureza nos dá… mas o problema é que o quiabo é um tanto indigesto porque solta aquele líquido viscoso, que parece baba de vaca! Ui!!!!

Mas como há quem aprecie este vegetal, não há por que não citá-lo na nossa Semana da Saúde – 2ª Edicão, pois ele possui muitas propriedades nutritivas, portanto também merece respeito.

O que pouca gente não sabe é que o quiabo teve origem na África. No Brasil, ele foi introduzido com o comércio de escravos e é cultivado em todas as regiões, principalmente na região Sudeste, principalmente o Estado de São Paulo (Araçatuba e Campinas), que é o maior produtor do país. O quiabo é consumido de variadas maneiras, tais como crus em saladas, refogados, cozidos, assados, grelhados e como ingrediente de diversas receitas. Por fornecer poucas calorias (100 gramas contém cerca de 30 kcal) o quiabo pode estar contido em dietas de restrições calóricas.

Ele é rico em vitaminas A, C e do Complexo B. Por conter muitas fibras, também regula o intestino. Fonte de minerais essenciais para o organismo (sódio, magnésio, potássio e cálcio). Também é anti-helmíntico (antiparasitário), demulcente (cicatrizante), e indicado como tratamento de várias enfermidades como diarréia, verminoses, disenteria, inflamações e irritação do estômago, rins e intestino.

Bjs

meuavatarassinatura

 

Anúncios

O que você achou deste artigo? Comenta aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s