A RESSACA TEM CURA?

RESSACA

Tem momentos da vida que acabamos nos empolgando demais e passando do limite na bebida (quem não?!?). Na hora do porre é tudo divertido e engraçado, mas o resultado disso tudo vem só no dia seguinte. Você acorda com moleza, enjoo, dor de cabeça e aquele gosto de guarda chuva na boca!

RESSACA2

Todos conhecem o ditado “para curar a ressaca, mantenha-se bêbado”… Pois saibam que, apesar de engraçado, este ditado é o pior conselho que alguém possa receber. A pior coisa que você faz é beber novamente no dia seguinte. O álcool presente no seu organismo, não consegue ser “evaporado” a tempo, e isso pode fazer mais mal a sua saúde e te trazer sérias complicações a longo prazo.

O mito de que um almoço gorduroso alivia ressaca também não existe. Alimentos gordurosos só provocarão azia e mais mal estar. O mais recomendado é consumir alimentos digeridos facilmente, como torradas e cereais. E beber muita, mas muita água, pois o álcool nos desidrata bastante. Por isso sentimos tanta sede no dia seguinte ao porre.

Medicamentos efervescentes ajudam a melhorar a azia e indigestão, e são usados para combater os sintomas da ressaca. Mas cuidado, pois enquanto o bicarbonato de sódio provoca sensação de alívio, outros componentes do remédio (ácido cítrico e ácido acetilsalicílico) podem irritar o estômago e te deixar ainda pior.

Dizem as pesquisas que as pílulas para ressaca (o famoso Engov, ou Epocler e outros) na verdade não tem eficácia comprovada. Especialistas sugerem tomar um multivitamínico para restaurar os nutrientes que seu corpo pode ter perdido durante uma bebedeira.

RESSACA3

Beber café é outro mito. A cafeína pode potencializar os sintomas da ressaca, pois estreita os vasos sanguíneos e aumenta a pressão arterial.

Repositores energéticos (Gatorade e similares): Normalmente aprendemos que a ressaca é causada porque ficamos desidratados pelo consumo exagerado de álcool. E no dia seguinte nos entupimos destes líquidos. Mas na verdade, nem os especialistas no assunto saber afirmar com maestria sobre a causa da ressaca, portanto não podem afirmar que trata-se somente de uma desidratação.

Analgésicos também não foram comprovados eficazes cientificamente na cura da ressaca. Estes medicamentos podem proporcionar algum alívio sim, mas para curar a ressaca eles não servem.

O mais correto mesmo para fazer com que o álcool em excesso “evapore” do seu corpo, é fazendo exercícios. Uma caminhada por exemplo, pode te ajudar a se sentir melhor. E tomando muita água. Esta sim é uma forte aliada do nosso corpo para expulsar o que não presta.

ressaca4

Pessoas que bebem demais geralmente dormem mal depois de uma noite de bebedeira. O álcool faz a pessoa apagar, mas quando ele é eliminado, horas após a bebedeira, a insônia aparece. Se você pode dormir ao longo do dia, faça isso, o cérebro agradecerá.

A única cura eficaz para a ressaca é o tempo. Então não se iluda.

Abraço,

Igor 

Anúncios

O que você achou deste artigo? Comenta aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s